Polônia não têm interesse na Petro

A Venezuela informou no início do mês que alguns países já tinham interesse na Petro, Polônia, Vietna, Brasil, Dinamarca e Venezuela.

A Polônia refutou este comunicado e disse que não reconhece esta informação, segundo o Ministério das Finanças.

O fato ocorreu porque José Vielma Mora foi citado pela Telesur TV, a notícia informava que a Polônia e outros países tinham interesse em exportar mercadorias para a Venezuela e receber os pagamentos em Petro.

O ministério das finanças respondeu informando que as criptomoedas não são garantidas ou emitidas pelo banco central, portanto a Petro não pode ser usada para pagar tributos.

Quais países mostram interesse na Petro?

Quais países têm interesse na Petro

A Venezuela informou que vários países possuem interesse na Petro, além da Polônia e o superintendente da criptomoeda alegou que “Europeus e países do Qatar, Turquia e outros do Oriente Médio, irão utilizar a criptomoeda para transações com a Venezuela”.

Os países da OPEC foram convidados por Maduro para participarem do desenvolvimento da plataforma de criptografia da moeda.

Arrecadação da Petro

O governo Venezuelano informou que arrecadou mais de um bilão de dólares na pré venda da moeda, mas muitos duvidam disso.

A questão é que as criptomoedas no geral ainda não são regulamentadas para transações financeiras e quando um país como a Venezuela, que passa por tantos problemas , resolve mergulhar neste mundo, os países não ficam a vontade.

acredito que este dilema irá ajustar-se em breve e a Venezuela fará uso da Petro sem problemas, bem como vários países irão usar a moeda para transações.

Participe com seu comentário