Investir em Bitcoin-Guia Prático

Investir em Bitcoin ainda é uma dúvida constante para iniciantes e também experientes no mercado financeiro.

A questão é que a quantidade de pessoas interessadas para investir em bitcoin já superou a procura por investimentos na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA).

Isso aconteceu, principalmente, pela alta do bitcoin em 2017, aonde muitos tiveram excelentes lucros.

Este artigo dará um giro sobre os principais fatores que exercem influência para quem deseja investir em bitcoin e ter bons resultados.

Segue os assuntos do artigo.

1 – O que é Bitcoin

2 – Como funciona o Bitcoin

3 – Quais os riscos de investir em bitcoin

4 – Conheça o mercado de criptomoedas

5 – Cuidado com ofertas mágicas

6 – Como armazenar bitcoin de forma segura

7 – Quando o bitcoin vai acabar ?

8 – Investimento, mineração e trader de bitcoin

Conclusão e últimas dicas (mas não menos importantes)

O artigo contêm as principais informações para você investir em bitcoin.

Boa leitura !

O que é Bitcoin

investir em bitcoin
O que é bitcoin ?

Bitcoin (letra maiúscula) é o conceito responsável pelas transações da criptomoeda bitcoin (letra minúscula).

Foi criado em meados de 2008 e é também conhecido como moeda digital.

Pode ser usado como meio de pagamento e funciona em uma rede P2P (Peer-to-Peer, “Ponto-a-Ponto”), sem depender de bancos.

É possível obter bitcoin comprando, recebendo como pagamento de um produto ou serviço, minerando e através de faucets (Sites que oferecem aos usuários recompensas em criptomoedas).

Pode ser transacionado entre pessoas de forma anônima através de endereços criados para cada transação na rede blockchain.

No mundo já existem milhares de empresas que aceitam bitcoin como forma de pagamento.

Veja mais detalhes aqui.

Como funciona o Bitcoin

investir em bitcoin
Funcionamento do bitcoin

Através da tecnologia p2p são feitas transações sem a necessidade de um banco ou outra autoridade central.

As transações são controladas pelos usuários da rede através da blockchain, ele é de código aberto e público.

Permite transações rápidas, pagamentos em nível mundial e possui taxas de processamento pequenas.

Pessoas físicas podem fazer pagamentos e/ou receber bitcoin apenas scaneando um código usando um celular ou digitando a chave manualmente.

As transações são protegidas por criptografia e ninguém pode pegar os bitcoins de outra pessoa sem autorização.

Funciona 24 horas por dia em todos os lugares e você necessita saber apenas o endereço para aonde vai enviar bitcoin ou enviar o endereço para receber.

Algumas carteiras (wallets) permitem que as taxas sejam controladas, mas a maioria possuem taxas padrão.

O tempo de processamento para o envio ou recebimento de bitcoin leva em torno de 10 minutos.

Na rede bitcoin não existem números, como no cartão de crédito, que pessoas maliciosas podem roubar e utilizar seu dinheiro.

Quais os riscos de investir em bitcoin

investir em bitcoin
Riscos do investimento em bitcoin

Quando o assunto é investimento todo o cuidado é pouco, principalmente quando se fala em Bitcoin.

O investimento em moedas fiduciárias como dólar e euro já possuem os seus riscos, os preços das moedas podem subir, mas também podem cair, ocasionando perdas.

A questão é que a moeda bitcoin e outras criptomoedas são muito mais voláteis do que as fiduciárias e o susto pode ser grande nas oscilações.

Existem duas vertentes no assunto investimento em bitcoin, veja abaixo.

1 – Supondo que você tinha em 2010 U$ 100,00 em bitcoin, hoje você teria mais ou menos U$ 73.000.000,00 de dólares, o equivalente a R$ 238.000.000,00.

2 – Supondo que você só acreditou no Bitcoin quando o preço teve a maior alta da história no final de 2017, hoje, em 2019, você ainda estaria aguardando a moeda subir novamente.

Em suma, quem possui sangue frio para lidar com o mercado financeiro, e guardou suas criptomoedas, hoje está aposentado, mas quem comprou na empolgação, na hora errada, hoje está amargando o prejuízo.

Um problema que também ocorre muito com investimento em bitcoin é a confusão que as pessoas fazem em comprar bitcoin com “investir em empresas não confiáveis”.

Entenda que o Bitcoin é seguro, então se você colocou dinheiro na empresa a, b ou c, e perdeu tudo, o problema está na empresa e não no Bitcoin.

Deixar bitcoin guardado em exchanges online também pode ser um risco, afinal não estrá na sua posse, mas em mão da exchange.

Falarei mais sobre isso na parte sobre armazenar bitcoin de forma segura.

Vamos ver agora como funciona o mercado de criptomoedas.

Conheça o mercado de criptomoedas

Estude os criptoativos

O mercado de criptomoedas cresce a cada dia, prova disso é o Facebook estar entrando para o negócio e com a suposta criação de uma criptomoeda para ser usada pelo Whatsapp.

Novos ativos criptográficos são criados constantemente, porém para que eles tenham sucesso na rede é necessário que sejam aprovados, e utilizados, pelos usuários.

O modo mais comum para o início de uma criptomoeda são as ICOs (Initial Coin Offer) “Oferta inicial da moeda” .

Na fase de ICO a moeda pode ainda não existir ou em muitos casos ela já existe, porém praticamente sem valor, e uma quantidade é enviada para quem cadastrar-se na suposta plataforma.

Na maioria dos casos uma ICO é ligada a algum projeto, o melhor exemplo é a plataforma Ethereum que surgiu desta maneira e hoje é uma plataforma usada para a criação de novas criptomoedas, além de ter a sua própria criptomoeda (ETH – Ether).

Independente da criptomoeda o mercado funciona com a oferta e procura, quanto mais a cripto é comprada, maior o seu preço, e quanto mais ela é vendida menor o seu preço.

Cuidado com ofertas mágicas

investir em bitcoin
Cuidado com as ofertas !

Quanto eu conheci as criptomoedas o ano era 2015 e praticamente existiam somente “Hyps” (Sites de investimento que oferecem altos ganhos, mas possuem pouco tempo de vida), consequentemente as pessoas cadastravam-se e a maioria sem entender direito o processo perdiam dinheiro.

Hoje, 2019, ainda existem muitos Hyps, mas no Brasil esta “onda” praticamente acabou, países como a Russia e EUA ainda possuem Hyps sendo criados constantemente.

Outro ponto são os sites de investimento, já apareceram diversos e alguns existem a anos, mas a maioria termina e os investidores perdem o montante investido.

Alguns destes sites trabalham com o sistema de marketing multinível e é isso que faz com que a maioria se perca, afinal chega um momento que os proprietários se perdem e não conseguem mais pagar a “rede”.

O marketing multinível é um sistema de divulgação muito interessante e funcional, mas um dos objetivos fundamentais do mmn é ser necessário a existência de um produto, seja ele físico ou virtual.

Outra “oferta” típica para enganar as pessoas está nos sites que promete, dobrar seus bitcoins, ninguém dá dinheiro de graça e sites deste tipo são pirâmides que depois de um tempo desaparecem e surgem com outros nomes para despistar.

Outras modalidades de golpes com criptomoedas aparecem quase que diariamente , fique de olho e cuidado quando alguém oferecer alguma “oferta mágica”.

Agora independente se você vai investir em bitcoin, comprar criptomoedas, ou utilizar faucets, é necessário armazenar em locais seguros, este será o próximos tópico.

Como armazenar bitcoin de forma segura

Armazene com cuidado as criptomoedas

Armazenar bitcoin acaba sendo um problema, principalmente porque os usuários da criptomoeda confundem a segurança do bitcoin com a segurança de bolsas e exchanges.

O bitcoin em conjunto a tecnologia blockchain é seguro, porém o local onde a moeda digital é guardada deve ter atenção especial.

Armazenar bitcoin em uma exchange/bolsa:

Método mais utilizado e menos seguro, você fica dependente da exchange/bolsa.

O ideal é guardar as criptomoedas em uma paper wallet ou ledger e passar para a exchange/bolsa no momento de alguma operação.

Armazenar bitcoin em uma paper wallet:

Método gratuito e seguro, com uma paper wallet (carteira de papel) você têm acesso a sua wallet com a chave privada, diferente de uma exchange/bolsa aonde as chaves privadas ficam em poder das empresas.

Para criar uma paper wallet é simples, basta entrar no site Bitcoin Paper Wallet e clicar no link Generate New Address

Feito isso deve-se movimentar o mouse até que surja a sua paper wallet, em seguida você segue os passos para imprimir e guardá-la.

Armazenar bitcoin em uma ledger:

Uma ledger é equivalente a um pen driver e têm capacidade para armazenar mais de 1.000 ativos digitais.

Esta é até o momento a maneira mais segura para armazenamento de bitcoin e outras criptomoedas, sendo que mesmo que sua ledger seja roubada não será possível o acesso as criptomoedas.

Não existe o risco de alguém invadir o seu computador e roubar suas criptomoedas, o mesmo acontece com a moeda de papel, porém uma ledger é física e agrada mais aos investidores.

Armazenar bitcoin no computador ou celular

O armazenamento de bitcoin e outras criptomoedas no celular é muito fácil, porém não é seguro por motivos óbvios.

Você pode perder o celular ou ser roubado, causando transtorno com a perca de suas criptomoedas.

No computador existe o risco de invasão ou perda de informações por motivos técnicos.

No site Bitcoin.org existem diversas opções de wallets para celular, computadores e outras…

Veja a que mais lhe agrada e faça testes.

Quando o bitcoin vai acabar ?

O fim do bitcoin

O bitcoin, diferente das moedas fiduciárias, possui um limite de mineração que quando atingir os 21 milhões de criptomoedas, número definido pelo algoritmo do bitcoin, chegará ao fim.

Isso não significa que o bitcoin não circulará mais, os processos de compra e venda, bem como a valorização e desvalorização continuam, a diferença está nos ganhos dos mineradores que não existiram mais.

O que irá movimentar o bitcoin serão as taxas de transação entre as exchanges e isso terá grande influência na competição entre as mesmas.

É claro que não se pode adivinhar o futuro e o mercado de criptomoedas é volátil e crescente, o que demonstra que a qualquer momento pode surgir uma criptomoeda que ultrapasse o market cap do bitcoin.

O número de bitcoins por bloco reduz pela metade a cada quatro anos e com isso o número total de bitcoins em circulação cresce em ritmo cada vez mais lento.

Calcula-se que o último bitcoin será minerado em 2140.

Investimento, mineração e trader de bitcoin

Qual caminho seguir ?

A maneira mais segura para investir em bitcoin é comprando pequenas frações e ir juntando, tudo indica que a criptomoeda chegará a valores muito altos.

Já no caso da mineração já faz tempo que não é possível minerar bitcoin em casa, por exemplo, isso fica para grandes empresas como a Hashnest.

O trader é a pessoa que realiza trocas entre moedas, buscando o lucro entre a compra e venda.

O mesmo acontece no mercado de criptoativos e o trader de criptomoedas é mais comum acada dia e muitos trabalham em casa fazendo compra e venda de criptomoedas ou simplesmente comprando e vendendo bitcoin.

Opções como o robô trader do Expert Bitcoin, realizam operações automáticas de compra e venda de criptomoedas.

Conclusão e últimas dicas, mas não menos importantes

Investir em bitcoin já é um assunto bastante comentado e é um mercado ainda pouco explorado.

Enquanto muitos criam polêmicas e falam mal das criptomoedas outros não ligam para notícias sem fundamento e simplesmente juntam bitcoin ou fazem traders diários.

Não perca a melhor chance dos últimos tempos para conseguir a sua independência financeira, escolha a modalidade de investimento que mais lhe agrada e comece a investir em bitcoin.

Compartilhe este post para ajudar o blog e deixe seus comentários !

Participe com seu comentário