Fraude com Bitcoin – Como proteger-se

A fraude com bitcoin e outras criptomoedas não são novidade para quem é deste mercado, afinal o assunto fraude na internet não é novidade para ninguém.

O cuidado deve ser intenso e principalmente (e infelizmente) não confiar em todos que você conversa, principalmente aqueles que estão em grupos no Whatsapp, Telegram ou outras redes sociais.

A questão é que você geralmente não sabe com quem está conversando, só possui um número de telefone, que pode ser trocado a qualquer momento e uma imagem da pessoa que você não sabe se é real.

Eu compro Bitcoin, alguém têm interesse ?

Uma ação comum é aparecerem pessoas nos grupos e redes sociais que compram bitcoin e geralmente a compra é feita quando já existe uma certa intimidade com os participantes.

A questão é que a confiança excessiva faz com que muitos enviem bitcoin antes de receber o pagamento, ou até mesmo recebem e o envio é cancelado.

Esse tipo de fraude não é novo, mas mesmo assim muitos ainda caem no golpe, além do que o Spam ainda existe, mesmo com tantos cuidados feitos pelos provedores de e-mail.

É comum você começar a receber e-mails sobre um assunto que pesquisou, estilo um remarketing, mas são na verdade pessoas que buscam informações para enviar “oportunidades de ganhar dinheiro” sem solicitação.

Veja também = https://bitcoinmoeda.com/bitcoin-e-marketing-multinivel/

Fraude com bitcoin nas redes sociais

Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e outras redes sociais também são utilizadas para fazer fraude com bitcoin e o princípio é basicamente o mesmo, criar confiança e dar o bote.

No caso do Facebook o ataque pode vir de grupos que falem sobre bitcoin e criptomoedas, com o tempo o criador do grupo perde o controle e muitos acabam fazendo negociações não recomendadas com outros participantes.

Sites de investimento e a fraude com bitcoin

A Fraude com bitcoin começou a aparecer na mesma época que a moeda começou a ficar popular e era comum sites de outros países como China, URSS e Estados Unidos aparecerem com sites de “investimento” e ganhos fixos.

Estes sites, conhecidos como Hyps (Sites que prometem altos ganhos) ficavam de 1 mês a 1 ano no ar, em seguida sumiam com o dinheiro dos participantes.

Quem começou em meados de 2015 / 2016 com bitcoin deparou com muitos destes sites, mas eles ainda existem e aparecem principalmente em propagandas de faucets.

Pirâmides financeiras e a fraude com bitcoin

As pirâmides financeiras existem bem antes do bitcoin e estão ativas até hoje, algumas mudam o nome para “doações”, “ajuda” e outros similares, mas nã passam de sites que precisam de pessoas para manter os pagamentos.

Outras dizem ser sites de investimento e que investem em determinado mercado, mas também dependem da entrada de pessoas.

O que posso dizer é que quando iniciei também fiz parte de sites deste tipo, mas não existiam opções para para trader de altcoins, bolsas, nem mesmo blogs.

A confiança é a arma que a maioria destes sites utilizam e como sempre os primeiros que entram são os que mais ganham.

São raríssimas as exceções de sites que realmente trabalham com marketing multinível.

Hoje em dia quem entra em um site que diz ser de investimento e possui uma rede que o mantém é porque quer, o dia a dia mostra que estes sites não se mantêm por muito tempo.

Verifique se existe um produto real, se este produto é utilizado ou é só de fachada e principalmente se a rede se mantêm com o dinheiro do próprio sistema.

Conclusão sobre Fraude com Bitcoin

Fique sempre atento porque fraudes sempre irão existir e o maior culpado por ser enganado é você mesmo.

Existem inúmeras declarações na internet de pessoas que foram prejudicadas por pirâmides financeiras, mas mesmo assim as pessoas continuam entrando , torcendo para que o “sistema” dure.

Compartilhe e deixe seus comentários, participe !

Participe com seu comentário